Psicología desde el Caribe, Vol. 35 No. 3: Sep - Dic 2018

Tamaño de la letra:  Pequeña  Mediana  Grande

Funcionamento Familiar, Diferenciação do Self e Adaptabilidade de Carreira de Universitários Brasileiros

Milena Carolina Fiorini, Marucia Patta Bardagi

Resumen


Embora a influência da família no desenvolvimento de carreira seja consolidada pela literatura científica, essa interface ainda é pouco explorada a partir da teoria familiar sistêmica, principalmente no contexto brasileiro. O objetivo deste estudo foi analisar as relações entre funcionamento familiar, diferenciação do self e adaptabilidade de carreira de universitários. A amostra foi composta por 800 estudantes de 70 cursos de graduação de universidades brasileiras, de ambos os sexos, com idades entre 18 e 35 anos. Constatou-se que universitários com níveis mais elevados de diferenciação do self e adaptabilidade de carreira apresentaram maior equilíbrio entre coesão e flexibilidade na interação familiar, e percepções positivas da comunicação e da satisfação em relação à família. Esses resultados podem contribuir para a elaboração de estratégias de intervenção por parte de profissionais na área da psicologia clínica, de aconselhamento de carreira e gestão universitária.


Palabras Clave / Keywords

Adaptabilidade; aconselhamento de carreira; relações familiares.

Tipo de Artículo

Artículo de investigación científica y tecnológica

Texto completo: PDF

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.